Aqui estou mais um dia.

REM

Posted in Literatura by Shepones on 03/02/2010

Tenho tido sonhos confusos. Deles, lembro sempre do começo e do meio. Muitos parecem presságios, enquanto outros se assemelham a um passado não muito distante. Será o presente o fim? Tenho me esforçado em acordar animado e bem disposto, embora a realidade teime em antagonizar minha existência madrugada a dentro.  Hmmm. Vou ali pegar um copo de suco de maracujá. Voltando.  Sonhos são como uma amarração em nossas vidas;  sonhar pode ser uma atividade despretensiosamente improdutiva, ainda mais se você não possuir uma capacidade fordista de materializar imaginações. Excesso de pragmático, cinismo, amargura? É possível, mas não invalida a força do argumento. Eu também sonho, mas não escondo minha paralisia sob abstrações de nenhuma sorte. Ao fim e ao cabo, a quem se quer enganar? Deixa o sonho quieto lá. Não fosse ele, o homem não teria em que se escorar para justificar a própria nulidade diante do mundo. Quer suco?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: