Aqui estou mais um dia.

Ao sol

Posted in Literatura by Shepones on 23/03/2010

A leste havia um altar desnudado ante o sol, e por debaixo dos santos uma mulher de face indecifrável.  Escondia-se sob um véu branco de listras finas, transmitia tranquilidade a seus interlocutores, embora ocultasse também, e principalmente, a falta de coragem encrustada em seu viver. Intempestivamente, e não muito tempo depois, o sol parou de reluzir por vontade própria; do escuro, a mulher extraiu claridade ao acender uma vela para a fé que buscava dentro de seus próprios esconderijos. Fez-se o dia, e com ele um sopro de felicidade arejou até mesmo os mais inoportunos espíritos do coração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: