Aqui estou mais um dia.

Síndrome de Estocolmo

Posted in Literatura by Shepones on 18/05/2010

Às vezes tinha vontade de ser apenas um livro escondido na estante, com vergonha de ser lido; noutras, dialogava ante o espelho como se este fosse um interlocutor desconhecido, em busca da cura para um mal que, embora endêmico, ninguém saberia ao certo diagnosticar. Amava, sofria e chorava por razões que sabia, sim, identificar. Mas não admitia. Sobretudo amava, muito, o que felizmente lhe dava forças para seguir adiante. Ansiava por experimentar todos que visse à frente, e a este desejo também poderia perfeitamente atribuir uma causa que julgar-se-ia psicologicamente pertinente. Verdade: só queria a Síndrome de Estocolmo para perdoar, sem fé em quem quer que seja a não ser em si mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: