Aqui estou mais um dia.

11/9

Posted in Pensamentos by Shepones on 02/05/2011

“Diego, não abre a porta porque os caras tão querendo matar a gente”, disse minha mãe. Barulhos de explosões, carros queimados e barricadas dominavam a Rua Luis Sérgio Person. Minha vó também havia sido instruída a não abrir a porta, mas ela era ingênua: alguém na rua gritou “Olha o gás!”, ela foi lá e… abriu a porta. Três ou quatro pessoas de roupa branca, lenços enrolados na cabeça e coletes camuflados entraram, decapitaram ela e meteram uma bala de AK-47 na cabeça da minha mãe. Não tive tempo de chorar. Vi tudo da janela do quarto – elas foram mortas no corredor lateral – e imediatamente comecei a correr. Escalei milagrosamente o muro do quintal de casa, que tinha uns 10 metros de altura, e consegui fugir. O bairro dos Bancários estava sitiado em setembro de 2001. Por alguns segundos, consegui raciocinar alguma coisa em meio aos tiroteios, e então decidi me abrigar na casa de um amigo, o Polga. Chegando lá, fiquei escondido por algumas horas no porão; me sentia cinza por dentro, e mal conseguia falar. De repente um desconhecido apareceu me oferecendo armamentos: granadas, foguetes antiaéreos, um Kalashnikov e pistolas. Sem agradecer, peguei tudo e abandonei o porão, não sem antes – talvez inspirado em Rambo – amarrar eu mesmo um lenço branco na testa. Saí de lá atirando em todos os seres vivos que via pela frente, até chegar em uma rotatória numa rua sem saída das adjacências. Instalei-me numa barricada de sacos de areia que ficava na entrada superior de um desses escadões de bairro, ali na região da rotatória. Não demorou e fui alvejado. Resisti alguns minutos e troquei mais alguns tiros com um inimigo que eu não conseguia identificar, até que uma granada explodiu ao meu lado. Morri. Não fui, porém, sepultado no mar: acordei e levantei para trabalhar, impressionado com a pirotecnia dos aviões daqueles dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: