Aqui estou mais um dia.

Barragens

Posted in Uncategorized by Shepones on 24/06/2014

Há quem tenha se acostumado às vitórias, e para esses sentir o desenrolar de uma derrota equivale a um afogamento, um assombro não consumado que eterniza a falta de ar nos pulmões da ansiedade. O perder causa uma dor paradoxal, na medida em que se deixa afetar menos por ele do que pelo seu reconhecimento, muito embora essa admissão seja necessária para reviver pequenas glórias mundanas. Não se trata de um perda efetiva,  súbita, não é nada disso, mas sim de uma perda de si mesmo, crônica, palpável, desesperadora como uma garganta comprimida pela asma na solidão de um banho frio.  Você já perdeu? Eu perdi e sei disso. Eu sei, sei mesmo, sinto a derrota me estapeando a cara no café da manhã, me violentando no escritório e sodomizando minha paz antes de dormir, mas sou teimoso, burro, uma pedra na cachoeira esperando que a correnteza pare de desabar sobre mim para que eu me livre de todo o lodo impregnado. Eu perdi, sim, sou a derrota incorporada num discurso que a antevia há décadas e que agora não tem mais por onde vazar, um rio de sonhos obstruído pelas barragens do medo.  O fato é que a correnteza nunca vai parar, e não faço a mais puta ideia de como proceder pra mudar o curso da água que está prestes a encher as minhas narinas. Eu estou perdido, e não sei nadar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: